Alunas da AESO-Barros Melo são vencedoras no 13º Prêmio Urbana de Jornalismo


Jornalismo
abril. 24, 2017

Premiação aconteceu no dia 19 de abril, no Armazém Brun’elle

O Prêmio Urbana de Jornalismo reúne anualmente trabalhos que abordam questões da mobilidade urbana e transporte público. São seis categorias contempladas: jornalismo impresso (série e matéria especial), TV, rádio, fotografia, jornalismo online e uma só para estudantes, nas quais o candidato pode inscrever apenas dois trabalhos para concorrer. Na seleta lista de vencedores dois nomes são de alunas das Faculdades Integradas Barros Melo (AESO), Carolina Santos e Daniele Alves.

Aluna do 7º Período de Jornalismo, Daniele Alves ganhou o prêmio com a reportagem "Os Dois Lados da Faixa", produzida para o Diario de Pernambuco em parceria com João Vitor Pascoal. A reportagem, que discorre sobre duas faixas de pedestres do Recife, concorreu ao prêmio na categoria de estudante e foi dividida em duas partes. A primeira retrata o cruzamento das ruas Doutor José Mariano e Imperatriz Tereza Cristina, na Boa Vista, apresentando o cenário conflituoso, pedestres que não respeitam a sinalização devido ao pouco tempo destinado para travessia. Em contra ponto, a segunda matéria mostra a faixa de pedestre na Rua Leonardo Bezerra Cavalcante, em Casa Forte, local em que as pessoas têm o respeito dos motoristas, sem nenhum tipo de sinalização ou guarda de trânsito, mas os veículos param na faixa para que as pessoas atravessem. “Infelizmente a falta de educação no trânsito ainda é tão comum na capital que uma faixa de pedestres respeitada chama nossa atenção”, comenta Daniele sobre a produção.

Carol Santos, aluna de Jornalismo e repórter da Rádio Jornal, concorreu ao prêmio com a série de reportagens “Ciclistas x Realidade: Os desafios no caminho de quem anda em duas rodas”, vencedor na categoria de Radiojornalismo. Coordenada por Carlos Moares, a série de reportagens teve como produtores, além de Carol, José Roberto, Marcela Maranhão, Henrique Santos, Thales Kírion e trabalhos técnicos de Emílio Bezerra. A série aborda alguns dos problemas enfrentados por ciclistas nos grandes centros urbanos brasileiros, expondo a realidade focada na mobilidade da Região Metropolitana do Recife. "Estou imensamente feliz, não pelo prêmio em si, mas por tudo que ele representa, nós fizemos o nosso melhor e é gratificante ter esse reconhecimento”, afirma Carol.



voltar