AESO - Faculdades Integradas Barros Melo

Aluno da FIBAM cria marca e identidade visual de cerveja artesanal olindense


Design Gráfico
julho. 17, 2019

A Revolução Praieira e o movimento Manguebeat serviram de referência na elaboração do posicionamento do projeto

Desde 2015 a região Nordeste vem despertando a atenção do Brasil pelo desenvolvimento do mercado cervejeiro e, com velocidade impressionante, Pernambuco está liderando essa ascensão. Segundo o Anuário da Cerveja no Brasil 2018, o estado está em 9º lugar , no país,  no número de cervejarias artesanais registradas, apresentando aumento de 5,9% em relação a 2017. 

Com o mercado em constante evolução e produtos sendo lançados a todo o momento, como uma nova marca pode ser notada? O Aluno de Design Gráfico da AESO-Barros Melo, Arthur Novaes, topou este desafio e desenvolveu a identidade visual da cerveja artesanal Praieira: “A oportunidade surgiu enquanto eu conversava com Eduardo Vital, amigo que havia feito sua primeira cerveja artesanal. Falamos sobre como seria legal se ele realmente entrasse no ramo. A partir daí, fui pensando em como poderia ajudá-lo, com a criação da identidade visual da empresa. Como eu estava no último período do curso, decidi usar o trabalho como sendo o da conclusão”, comenta Arthur. 

Inspirada na praia, cultura e carnaval olindense, a bebida queria oferecer ao público novas experiências, possibilitando descobrir a cidade através dos seus sabores. Segundo o estudante, para chegar até o nome da marca foram listadas e categorizadas várias referências que seriam interessantes para o posicionamento e essência do projeto. Após triagem, a equipe chegou à referência da Revolução Praieira e do movimento musical pernambucano Manguebeat, onde o grupo Chico Science & Nação Zumbi - um dos principais expoentes dessa cena cultural - lançou, em 1994, uma música em que os versos transmitiam a sensação de bem estar e jovialidade, essência que Arthur também queria na marca. Essa junção levou até a opção escolhida: cerveja A Praieira – título homônimo ao da famosa canção.

“Estudar na AESO-Barros Melo foi super importante para o desenvolvimento das minhas habilidades e do meu conhecimento. Quando iniciei o curso, me sentia um pouco perdido com relação ao mundo do design e estudar disciplinas, abordando diversos ramos da área, dando ênfase à pratica e vivências do cotidiano no mercado, me ajudou a ter visão ampla e, ao mesmo tempo, muito precisa do segmento”. A cervejaria Praieira ainda não abriu, oficialmente, mas o projeto já foi aprovado por Eduardo Vital. 

aeso - barros melo - alunos no mercado - design gráfico - marca - cerveja -

voltar