Fôlego curto


Institucional
maio. 17, 2005

O Cineaeso desta semana sugere três filmes de ação. Você pode fazer sua escolha pelo site da Aeso. O vencedor será exibido no dia 20, no Cineteatro. Cada sessão vale 3 horas de atividades extras. Matrix (The Matrix, EUA, 1999) virou um verdadeiro fenômeno desde que foi lançado. Fenômeno de público – foi o primeiro a vender mais de um milhão de cópias nos EUA - e de crítica – elogiadíssimo, virou até objeto de estudo no mundo acadêmico. Dirigido por Larry e Andy Wachowski, o filme conta a história de Neo (Keanu Reeves), um hacker que passa a liderar a resistência dos humanos contra o domínio das máquinas. Segundo filme da competição, Inteligência Artificial (A.I., EUA, 2001), dirigido por Steven Spielberg, propõe um debate ético sobre a capacidade de amar - de seres humanos e robôs - ao apresentar, num futuro distante, conflitos e emoções vividos por uma família que decide adotar um robô-criança para preencher o vazio deixado pela doença do filho único. Stanley Kubrick passou 20 anos pensando em rodar esse filme. Como sempre demorava vários anos para concluir suas produções, sabia que seria inviável usar uma criança como protagonista. Depois de fazer experiências de filmar com um robô, decidiu convidar Sielberg para dirigir o filme, mas ele não aceitou. Quando Kubrick morreu, em 1999, Spielberg decidiu levar o projeto adiante, respeitando todas as instruções deixadas pelo autor. A última opção é O Último Samurai (Edward Zwick). O filme recebeu quatro indicações ao Oscar. O enredo trata do envio ao Japão do capitão Nathan Algren (Tom Cruise), um conceituado militar norte-americano. A missão de Algren é treinar as tropas do imperador Meiji para que elas possam eliminar os últimos samurais que ainda vivem na região. Porém, após ser capturado pelo inimigo, Algren aprende com Katsumoto o código de honra dos samurais e passa a ficar em dúvida sobre que lado apoiar.

voltar